Histórico da Instituição

 

A Comunidade Terapêutica Educacional Renascer – CTER, tendo como mantenedora a Associação Beneficente Renascer – ASCER, é uma instituição não governamental sem fins lucrativos fundada em 16 de dezembro de 1994 a partir de questões levantadas por profissionais de diversas áreas de formação, que desenvolvia trabalhos com crianças e adolescentes com Transtorno Global do Desenvolvimento.


As atividades iniciaram em fevereiro de 1995 na Rua Conselheiro Carrão, 928 – Bairro Hugo Lange. Posteriormente as atividades foram sediadas na Rua Frei Orlando – Alto da XV e na Rua Leônidas Ferreira do Amaral – Tarumã. No ano de 1997 a ASCER obteve a Cessão de Uso de 2.500 m² da área do terreno da Escola Estadual Manoel Ribas, de propriedade do Estado do Paraná, localizada na esquina da Rua Imaculada Conceição com a Rua Guabirotuba no Bairro Prado Velho atual localização.


A Renascer possui Certificado de Utilidade Pública Federal, Estadual e Municipal; Certificado de Inscrição do Conselho Municipal de Assistência Social – CMAS e no COMTIBA – Fundo Municipal da Criança e do Adolescente e CNAS – Conselho Nacional de Assistência Social certificações legais que garantem o seu pleno funcionamento como entidade filantrópica.


A proposta inicial da instituição dirigia-se às crianças e adolescentes com transtornos globais do desenvolvimento (psicose infantil e autismo). Com o decorrer do tempo identificou-se a necessidade de desenvolver trabalho com crianças e adolescentes da periferia do município em situação de vulnerabilidade social e com núcleo familiar disfuncional tendo como reflexo dificuldades de aprendizagem e de comportamento em ambiente escolar. Diante deste contexto a instituição optou por ampliar seu projeto de atuação implementando ações comprometidas com a prevenção da violência urbana.


Inicialmente a Instituição atendia 30 crianças e adolescentes em período integral, sendo que a partir de 2000, o atendimento cresceu de forma significativa em função de demanda da comunidade. Atualmente a CTER atende cerca de 430 crianças e adolescentes sendo que 180 participam do trabalho sócio - educacional e terapêutico e 250 participam do Serviço de Mediação e Inclusão em Ambiente Escolar.
Princípios filosóficos

O nome Renascer que significa “nascer de novo”, “adquirir novas atividades, novo impulso”, “renovar-se”, “desabrochar”, sintetiza a proposta fundamental da instituição, baseada na co-responsabilidade e no reconhecimento da capacidade de ultrapassar as dificuldades das crianças e adolescentes, bem como de suas famílias, sendo a inclusão um processo construtivo e de descoberta que se conquista pelo re-questionamento continuo, onde o individuo participa como sujeito das questões e não somente como objeto de ação dos profissionais. Todo o trabalho se volta para o pleno usufruto do direito à cidadania por meio da promoção do desenvolvimento de suas potencialidades e capacidades máximas para uma participação socialmente ativa.


Objetivos de desenvolvimento do milênio


A CTER desenvolve suas atividades de forma alinhada com os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM) que surgiram da Declaração do Milênio das Nações Unidas. Os ODM consistem numa série de compromissos concretos a serem inseridos na agenda de entidades governamentais, empresariais e da sociedade civil que se cumpridos deverão melhorar o destino da humanidade. Especificamente a Renascer trabalha com os seguintes objetivos: Objetivo 1 - Erradicar a pobreza extrema e a fome oportunizando a capacitação para geração de renda - Objetivo 2 - Atingir o ensino básico universal - e Objetivo 7 - Garantir a sustentabilidade ambiental.

Metodologia


A CTER desenvolve um trabalho de Proteção Social Básica, conforme Tipificação Nacional de Serviços Sócio-Assistenciais (Resolução nº109, 11/112009), destinado a crianças e adolescentes com deficiência associada a condutas típicas em situação de vulnerabilidade social.Fundamentada na Declaração Universal dos Direitos Humanos (1948), na Conferência Mundial de Educação para Todos (1990) e Declaração de Salamanca (1994), a LDB/1996, que instituem o paradigma da inclusão social a CTER, Oferece um espaço que funciona como um centro de convivência onde crianças e adolescentes freqüentam 20 horas semanais, no período da manhã ou da tarde, ou em caso de extremo risco social, freqüentam 40 horas semanais, até que a sua família se organize. Uma vez incluído no atendimento da CTER o indivíduo tem a oportunidade de participar de atividades específicas conforme faixa etária e nível de desenvolvimento.


Sustentada teoricamente na interface entre psicanálise e educação a CTER assume a função de mediadora das relações proporcionando ao indivíduo o tempo de se buscar, de descobrir e encontrar o seu caminho. Cria-se desta forma um lugar que possibilite formas de expressão assumidas com confiança, levando consigo a busca da consciência de si e do outro a partir da valorização da historia pessoal, do desejo familiar e das necessidades sociais.


Uma equipe multidisciplinar composta por profissionais especializados na área terapêutica, pedagógica e social, oferece atendimento sócio-terapêutico-educacional integrado a crianças, adolescentes e seus familiares, através de uma gama de atividades, visando o desenvolvimento do indivíduo como um todo, para sua inclusão social e exercício pleno da cidadania.

 

O que fazemos

 

A Comunidade Terapêutica Educacional Renascer é uma entidade não governamental que atende crianças e adolescentes com dificuldades emocionais e comportamentais nos mais diversos graus.


Atendimento Sócio - Educacional


O Atendimento Sócio - Educacional se efetua através de dois programas: Escola Renascer - educação infantil e ensino fundamental, na modalidade educação especial e o Atendimento Educacional Especializado em contra turno ao período escolar. Esses atendimentos têm como objetivo a aquisição de conceitos fundamentais para a escolarização, a manutenção dos conhecimentos formais historicamente construídos, a sustentabilidade para o exercício da cidadania, bem como a sua inclusão social responsável. Oferece atividades de vida diária, atividades pedagógicas de elaboração do conhecimento, oficinas de expressão através das artes plásticas ou artesanatos, atividades socializantes de esporte e lazer, passeios e visitas orientadas, palestras em escolas públicas, e com pais.


Atendimento Terapêutico Multidisciplinar


Atendimento terapêutico com abordagem social multidisciplinar nas áreas de psicologia, psiquiatria, serviço social e terapia ocupacional para suporte ao trabalho sócio-educativo, para efetivação do trabalho de inclusão social.
Mediação para Inclusão em Ambiente Escolar.


Realizado nas dependências da CTER ou em ambiente de ensino regular no qual a crianças e adolescentes estejam regularmente matriculados Consiste num atendimento sistemático integrado ao educando e família em apoio à escola com caráter preventivo quanto a exclusão escolar e marginalização social


Atendimento com a Família


A atenção e proteção aos familiares ocorrem através de reunião de pais, visita domiciliar, orientação familiar, inclusão nas políticas sociais básicas e atendimento sócio-terapêutico para melhoria da qualidade de vida e reorganização da dinâmica familiar. A mediação das relações familiares é um processo que envolve intervenções sócio-terapêuticas e educativas às famílias, no sentido de instrumentalizá-las, favorecendo a inserção e a participação em sociedade.
O trabalho do Serviço Social da CTER atua ainda na tecissitura da rede interna de atendimento constituída pelos diversos setores técnicos, bem como na inclusão das crianças ou adolescentes e familiares na rede externa de proteção e recursos da comunidade.

 

 

Missão

“Proporcionar a inclusão social na escola e no mercado de trabalho a crianças, adolescentes ou adultos jovens com dificuldade emocionais e comportamentais nos diversos graus.”


Visão

“Tornar-se uma entidade com excelência na gestão e referência teórica-prática na área de atendimento a crianças e adolescentes com transtornos emocionais em diversos graus”.

 

Valores


- Inclusão social
- Responsabilidade sócio ambiental
- Co-responsasbilidade
- Ética
- Formação da consciência cidadã